segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Mauricio de Sousa faz 50 anos de carreira e não para de criar

Deêm os créditos!



Rio - Há 50 anos, Mauricio de Sousa fazia sua primeira tirinha, com Franjinha e Bidu. Eles deram origem à Turminha da Mônica, personagem mais famosa do quadrinista, que acumula números impressionantes: cerca de 1 bilhão de revistas publicadas (em 126 países e em 50 idiomas diferentes) e mais de 200 personagens criados.

Aos 74 anos, Mauricio não para. Seu lançamento mais recente é a Máquina de Quadrinhos, em que os leitores criam HQs a partir de imagens prontas dos personagens, cenários, objetos e balões da Turma da Mônica. “Só no primeiro mês, recebemos 58 mil histórias, tivemos 62 países acessando o site e 3 milhões de visitas”.

Outros projetos são a ‘Escolinha do Chico Bento’, série educativa para TV com os personagens em bonecos. Também há desenhos animados sendo desenvolvidos: Turma da Mônica, Penadinho, Astronauta e Chico Bento, que também deve ganhar versão jovem, com a ecologia como foco.

Em homenagem ao meio século de carreira, foram lançados ‘Bidu — 50 Anos’ (Ed. Panini, 160 págs., R$ 39,90), com histórias dos anos 60 até hoje, incluindo um mangá, e ‘MSP 50 — Mauricio de Sousa por 50 Artistas’ (Panini, 192 págs., R$ 55), com personagens dele desenhados por 50 artistas.

Motivos para comemorar não faltam. Mas, para ele, seu maior legado foi ter ensinado “milhões de brasileiros” a ler. “Teve uma moça que foi dar parabéns à professora da filha de 4 anos porque ela estava lendo e ganhou parabéns, porque a professora também não tinha ensinado”, conta.

Mauricio diz que está preparando os filhos (são 10) para substituí-lo. “Para me dar liberdade para outras atividades, como a criação de produtos. Algo como, por exemplo, um novo combustível não poluente feito da casca de mexerica”, exemplifica. Apesar disso, ele continua dando a última palavra. “Me ligam às 3h da manhã para perguntar de um desenho que acabaram de fazer.”

Personagem gay

O sucesso nunca foi motivo para acomodação: está causando polêmica com um personagem que insinua ser gay, Caio, da sexta edição da revista ‘Tina’. O namorado de Tina tem uma crise de ciúmes dela com Caio, que diz ser comprometido e aponta para um rapaz.

“A revista ‘Tina’ é uma publicação produzida para um público adulto jovem”, explica Mauricio. “Não há qualquer afirmação sobre a sexualidade deste ou daquele personagem. A história deve ser lida e interpretada pelo leitor”.

Ano passado, lançou a Turma da Mônica Jovem, em formato de mangá, que alcançou enorme sucesso: o número quatro, em que Mônica beija Cebola, se tornou o gibi mais vendido do mundo, com mais de 400 mil exemplares vendidos.

Texto retirado de O Dia Online!

1 comentários :

Gabriel disse...

O Mangá Mônica voltou e está com bastante novidades, com o layout especial fim de ano e estamos postando todos os dias!Visite:

mangamonica.blogspot.com

PARABÉNS! VOCÊ ENCONTROU A FIGURINHA 47 COM A MAGALI JOVEM!